Blog Atrair 3 principais erros que fazem o seu site não gerar vendas

3 principais erros que fazem o seu site não gerar vendas

Como criar mais oportunidades de negócios com seu site

Não importa como está o seu site hoje, é possível sim gerar vendas através ele. A grande diferença é que em alguns casos, uma simples alteração pode trazer grandes resultados, e em outros casos, se faz necessário aplicar técnicas mais complexas para sua empresa sobreviver no mercado.

Para entender melhor vamos imaginar o seguinte: um pequeno escritório de contabilidade possui um site que recebe cerca de mil visitas mensais. Dentro dele criou-se uma página de “Fale Conosco”, e através dessa página, ele receba 10 mensagens por mês de potenciais clientes.

Ou seja, ele tem uma taxa de conversão de 1%.

Para que o escritório consiga receber mensalmente um número maior de mensagens desses potenciais clientes, teríamos duas opções. A primeira: poderiam simplesmente investir no aumento do número de visitantes (de mil para 2 mil acessos por exemplo). Em teoria o site vai começar a receber cerca de 20 mensagens por mês.

A opção de duplicar o numero de acesso não é uma tarefa tão simples e nem tão barata, e ainda, o resultado não se dará do dia pra noite.

Uma segunda opção não leva em conta a importância de se aumentar a quantidade de visitantes, mas sim em melhorar as páginas do site e aproveitar melhor os visitantes que você já tem. Ou seja, criar novos artifícios para aumentar o número de contatos de 10 para 20 mensagens por mês. Esta costuma ser a forma mais barata de começar a gerar mais oportunidade de vendas.

Vamos tratar aqui de 4 problemas que provavelmente você tem em seu site e que estão te impedindo de gerar mais oportunidade de vendas.

Problema Nº1 – Ter apenas uma página de Contato

Normalmente as empresas disponibilizam em seus sites apenas um canal de contato com seus potenciais clientes. Geralmente é a área “Fale Conosco” ou “Contato”.

Facilite a vida de seu visitante, diminua o caminho que ele terá que percorrer para conseguir falar com você. É muito importante que você simplifique ao máximo estas etapas.

Para fazer isso, utilize ao longo de suas páginas outros call-to-action (chamada para ação). Isso irá incentivar o visitante entrar em contato com você de diferentes formas: pedido de orçamento, para tirar dúvidas sobre um determinado assunto, ver demonstração, contato mais geral, etc.

Problema 2 – Não ter conteúdo no seu site

Criar conteúdos para áreas de produtos e serviços que requer um processo de venda mais complexo (como a contratação de um escritório de contabilidade, por exemplo), o visitante não está somente em busca de preço, mas sim de uma empresa ou profissional que consiga resolver um determinado problema que ele está passando naquele momento.

Neste ponto ele começa a fazer várias pesquisas sobre as possíveis soluções e alternativas que ele tem encontrado. Ao ter conteúdo no seu site, você consegue prender o visitante através de educação sobre o assunto e ganhar mais a confiança dele. Esse momento é ideal fazer pequenas e sutis inserções ao longo dos textos, incentivando os leitores a entrarem em contato com você, pedirem um orçamento, tirarem uma dúvida, etc. Isso acaba aumentando as taxas de solicitação de contatos pelo site.

Esses conteúdos podem ser criados através de um blog corporativo ou até mesmo por pequenos artigos no site.

Mas ATENÇÃO: o conteúdo não deve não deve centralizar somente informações da sua empresa em si ou apenas notícias do setor, mas sobre o problema que sua empresa resolve. Por exemplo, o escritório de contabilidade que demos o exemplo no início do post poderia escrever falando sobre “como registrar empresa” ou “o que é necessário para trocar de contador”. Dessa forma, ele ajuda quem está com esse problema, e ao mesmo tempo se coloca como uma das soluções para auxiliar nesse processo.

Problema 3 – Ter apenas solicitações diretas

Sem dúvida, os melhores contatos que virão do seu site são aqueles que já procuram a sua empresa com uma demanda muito clara e já querendo fechar negócio. Estas são o que chamamos de conversões diretas (contatos, pedidos de orçamento, teste de uma ferramenta, etc). Porém, a porcentagem de contatos com esse perfil e com esse interesse é muito pequena se comparada ao total de visitantes.

Na prática, a maioria dos visitantes ainda não se decidiu se vai realmente investir em resolver aquele problema no momento ou ainda nem conseguiu identificar muito bem qual é a solução para o problema dela. Portanto, se você focar apenas no público já no estágio final do ciclo de compras, você estará desperdiçando um enorme quantidade de potenciais clientes.

Para resolver esse problema, o ideal é inserir uma etapa a mais, algo menos objetivo. Ou seja, começar a atrair e conversar também com aqueles que estão no processo de descobrir que têm um problema e qual é a solução para esse problema. Se você ajudar seus visitantes nesse processo, consegue aumentar muito o número de oportunidades para venda.

Essa etapa a mais pode ser feita através de um conteúdo (eBook, minicurso, guia) para servir de isca para os visitantes. Você oferece esse conteúdo gratuito em troca de informações do visitante como nome, email e outras informações relevantes para você. Abordar esse Lead no futuro vai ser mais fácil, pois ele já conhece o seu material e de certo modo já demonstrou que tem alguma necessidade no assunto que você trabalha.

Resumindo: Enquanto antes o escritório só se relacionava com aqueles 10 visitantes que enviaram mensagem, a ideia agora é fazer com que o escritório pegue o contato de mais visitantes que se interessaram pelo seu conteúdo. Esses novos visitantes não estão tão preparados e decididos pela compra como os que entraram em contato com você, mas você consegue filtrar e aumentar muito o seu potencial de gerar mais vendas.

Conclusão
Estes são 4 erros extremamente básicos, porém muito comuns de serem vistos. Ao fazer um trabalho para melhorar estes 4 pontos, você vai notar mudanças bem significativas tanto no número de contatos mais diretos, quanto na possibilidade de novos clientes.

COMPARTILHAR